sábado, 28 de janeiro de 2017

Capítulo 22

— Eu sei — Zac zombou. — Os Tisdale são admirados em todo o universo.
— Você também é um profissional respeitado. Mas está enganado se pensa que convencerá os outros acionistas de que não sou mais capaz de dirigir minha empresa. Eles me conhecem e não me afastarão com a facilidade que imagina.
— Eles afastaram meu pai. Se o senhor conseguiu persuadi-los, eu também conseguirei.
Greg suspirou.
— É óbvio que você não sabe exatamente o que aconteceu. Ninguém quis afastar seu pai. Ele colocou a empresa em risco com empréstimos com base em suas ações. Não falimos por um triz.
Zac sentiu um nó na garganta. Sua mãe se recusara a falar sobre o acontecido. Não fora possível conhecer os detalhes da operação. Seus conhecimentos baseavam-se em matérias de jornal e nos depoimentos de Kevin Swensen que havia tra­balhado como gerente de contabilidade na época de seu pai e que fora demitido por Greg Hudgens.
Foi Kevin quem lhe contara que Gregory havia retirado dinheiro dos fundos da companhia para dar à mãe de Vanessa, alegando um empréstimo pessoal.
— Meu pai era um bom homem — Zac repetiu. Não estava se comportando como alguém que se preparara durante anos para aquela conversa. Não se reconhecia mais.
— George Knight foi uma das melhores pessoas que já conheci — Greg continuou —, mas não era competente em matéria de negócios. Arriscava-se demais e desnecessariamente. Sinto muito se estou lhe dizendo algo que não sabia, mas é preciso que saiba a verdade antes que seja tarde demais. Seu pai jogava. E perdeu tudo. Nós escondemos o fato da imprensa para que você e sua mãe não sofressem ainda mais.
— Não acredito no que está dizendo.
— Líderes da comunidade me procuraram na época, receosos do rumo que os negócios estavam tomando. Eu estava em crise de identidade. Queria provar ao mundo que era capaz de fazer algo sozinho, sem o apoio dos Tisdale. Talvez isso você possa entender. Não conheço os motivos que o fizeram pedir demissão de seu emprego na Efron’s Enterprises, mas atrevo-me a pensar que está procurando provar seu valor, como eu fiz.
As palavras de Greg Hudgens não poderiam ter sido mais precisas, mas era sobre seu pai que estavam discutindo.
— Está insinuando que meu pai havia destruído a empresa?
— Foi o que aconteceu. Sinto muito. Eu procurei reerguê-la de todas as formas, mas cometi muitos erros. Mas não cometerei outro agora, desistindo sem luta. Você é jovem. Tem certeza de que não se arrependerá de nada quando tiver minha idade e olhar para trás?
Zac cerrou os punhos. Em que devia acreditar? Em suas lembranças ou nas palavras que Gregory acabara de dizer?
— Se mudou tanto, se conseguiu tornar-se uma pessoa melhor, por que nunca reconheceu sua filha?
Um silêncio pesado caiu sobre o ambiente.
— Minha o quê?
— Vanessa. Sua filha.
Gregory balançou a cabeça.
— Sua esposa?
— O modo como se apoderou da empresa de meu pai não é nada em comparação com o tratamento que deu a Vanessa, ignorando-a todos esses anos. O senhor mora em uma mansão. Vanessa e sua mãe passaram a vida em um apartamento minúsculo. Seus filhos tiveram tudo. Vanessa não teve nada. Francamente, não entendo como consegue dormir à noite.
Greg demorou alguns segundos para tornar a falar.
— Quem é a mãe de sua esposa?
— Ora, faça-me o favor.
Greg segurou o braço de Zac e apertou-o.
— Quem é ela?
— Gina. Gina Guangco.
— Não conheço nenhuma Gina Guangco. — Subitamente, Zac empalideceu. — Seu nome anterior não teria sido Hudgens?
— Hudgens era seu nome de casada. Quando se divorciou, ela voltou a usar o nome do pai.
Greg se deixou cair em uma cadeira e escondeu o rosto nas mãos.
— Conheci Gina quando Luana e eu nos separamos. Nós estávamos infelizes. Tivemos um breve romance. Ela havia deixado o marido porque ele a maltratava. Eu a acolhi porque gostei dela e quis ajudá-la. E ela me ajudou também porque fez com que eu perdoasse a mim mesmo. Dei-lhe dinheiro depois para que pudesse recomeçar sua vida. Ela aceitou, mas me fez prometer que nunca a procuraria. Eu cumpri o trato. Mais tarde, Luana me aceitou de volta. Eu havia conseguido parar de beber também com a ajuda de Gina. Mas nunca soube sobre a criança. Ela nunca me contou. Juro.
— Moravam na mesma cidade. Como não percebeu? Nunca mais a viu?
— Algumas vezes. Eu lhe perguntava se estava bem, se precisava de algo. Ela não me contou nada. Se eu soubesse, não a teria abandonado. — De um minuto para outro, Greg parecia ter envelhecido muitos anos. — Vanessa já sabe?
— Não. Nunca lhe direi.
— Mas não pode me impedir de remediar a situação. - Zac ficou perplexo. O homem não iria pedir provas? Acreditava em tudo que ele afirmara, mesmo sabendo que o odiava?
— Não quer provas?
— Não teria me contado se não tivesse provas, não é? A questão é, como fará para explicar a sua esposa que lhe escondeu a verdade?
O telefone tocou. Zac disfarçou um suspiro de alívio à interrupção.
— Sim?
— Sr. Efron? Sua esposa acaba de passar pela recepção. - Ela estava chorando.
Zac sentiu um arrepio gelado lhe percorrer o corpo.
— Ela já entrou no elevador?
— Não, senhor. Ela deixou o hotel.
Zac devolveu o fone ao gancho e correu para a porta. Ela estava aberta. Havia cravos espalhados pelo chão e uma caixa com o nome de uma famosa loja de lingerie.
Vanessa havia descoberta da pior maneira possível que era filha de Gregory.
— O que houve? — Greg quis saber.
— Ela esteve aqui. Presenciou nossa discussão e fugiu.
— Para onde pode ter ido? — Vanessa perguntou, nervoso. Zac levou uma das mãos à testa. Queria pensar, mas não conseguia.
— Talvez para a floricultura. Talvez para a casa de Demi. Oh, Deus. Eu não sei. Ela está grávida.
— Ligue para a loja — Greg assumiu o comando. — Eu ligarei para Demi.
Isso foi o suficiente para Zac recuperar o controle.
— Posso encontrar minha esposa sem sua ajuda.
Um minuto depois, Zac estava descendo para a garagem. Greg o seguiu.
— Deixe-me ajudá-lo.
— Apenas fique fora de meu caminho — Zac esbravejou.
— Tenha calma. Ela não fará nada que possa prejudicar o bebê.
Não, ela não faria. Não intencionalmente.
— Conheço minha esposa. Não precisa falar-me a seu respeito.
— Mas eu preciso falar com ela. Explicar.
— Ligarei para dar notícias — Zac prometeu, por fim, antes de correr para o carro.

Às três horas da manhã, Zac voltou para o hotel. Sozinho. Demi não soubera informá-lo sobre Vanessa. Rosana sabia sobre seu paradeiro, mas se recusou a falar. Desesperado, Zac bateu em todos os hotéis da cidade e também nos motéis à beira de estradas.
Avisou o banco para entrarem em contato caso Vanessa fizesse algum pagamento com o cartão de crédito. Mas a única despesa que ela fizera, desde que se casaram, fora aquela tarde, em uma loja especializada em lingerie.
Entendia que Vanessa estivesse chocada ao descobrir que tinha um pai, mas isso não justificava que fugisse dele também. Era seu marido. Ele, mais do que ninguém, poderia protegê-la naquele momento.
O telefone tocou, e Zac se apressou a atender.

Boa noite!!
Eita o que foi isso?? O Zac tinha que ter contado tudo pra Nessa...
E agora?
Vanessa sumida, Rosana nao contando pro Zac onde ela está...
Quero nem ver isso...
Cometem ai...
Estamos chegando ao fim...
Beijooos 😘😘
Ate mais...

2 comentários:

  1. Ai meu Deeeus do céu eu não queria que a V tivesse descoberto sobre o pai dessa forma
    Espero que seja ela ao telefone e que eles fiquem bem
    Continua logo
    Xoxo

    ResponderExcluir
  2. Você precisa de um empréstimo. Somos legítimos e credor de empréstimos de garantia. Somos uma empresa com assistência financeira. Nós emprestamos fundos para pessoas que precisam de assistência financeira, que têm um crédito ruim ou precisam de dinheiro para pagar contas, para investir em negócios. Eu quero usar esse meio para informá-lo de que nós prestamos assistência confiável nos beneficiários, pois teremos prazer em oferecer-lhe um empréstimo. Entre em contato conosco via email: luiza_lais2015@outlook.com

    Os serviços prestados incluem

    *Consolidação de débito
    * Empréstimos comerciais
    *Empréstimos pessoais.
    * Empréstimos de carro
    * Aluguel e empréstimos à habitação

    Escreva de volta se interessado por nossa taxa de juros de 4% anual. Entre em contato via e-mail: hmloans2@gmail.com

    Nota: Toda pessoa interessada deve enviar uma mensagem ao nosso email para obter respostas urgentes e detalhes para obter um empréstimo.

    Cumprimentos.
    E-mail: luiza_lais2015@outlook.com
    +15175650123

    ResponderExcluir