quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Capítulo 24

— Não medi as consequências. Seu carro estava lá. Eu bati uma porção de vezes e quase quebrei a campainha. Gritei seu nome. Você não respondia. O que mais eu poderia fazer? Você poderia estar inconsciente ou passando mal. — Zac virou-se de costas. — Imaginei que você pudesse estar perdendo o bebê.
Vanessa sentiu a agonia de Zac, mas ainda estava magoada demais para perdoá-lo.
— Como soube que Greg era meu pai? Ele voltou a encará-la.
— A informação chegou a mim inesperadamente quando comecei a pesquisar sobre á Knight Star Systems.
— Por que não me contou?
— Era o que pretendia fazer no início — Zac confessou. — Meu plano original era juntar nossas forças para destruir Greg. Mas quando a conheci, soube que não tinha o direito de lhe pedir isso. Depois nos casamos. Eu achei que você não precisava mais de um pai para protegê-la, porque eu a protegeria. — Zac deu outro passo em direção a Vanessa e mais uma vez ela se afastou. — Sinto muito. Não queria que descobrisse a verdade ouvindo uma conversa da qual não tomou parte. Eu estava errado. Pensei que Greg a tivesse abandonado e comprado o silêncio de sua mãe.
Vanessa suspirou.
— Sim, você errou. E não foi apenas um erro que cometeu. Foram muitos. — Foi até a janela. Quando tornou a falar, Zac mal conseguiu ouvi-la. — Greg não sabia, mas eu sim.
Apenas o tique-taque do relógio quebrava o silêncio.
— Impossível.
— Por quê?
— Ninguém consegue guardar um segredo tão grande por toda uma vida.
— Não sou uma destruidora de lares, Zachary.
— Desde quando você sabe? — Zac perguntou após alguns instantes.
— Foi minha mãe que me contou. Mas logo após a morte dela, não sabia o que fazer. Fiquei tentada a procurá-lo. Então, no chá de bebê de Demi, Luana disse que mataria o marido se soubesse de alguma traição. Decidi não complicar sua vida. Fui bem recebida pelos Tisdale quando Demi se casou com Alexander, eles me contrataram para cuidar do casamento de Ashley. Trataram-me com amizade. Achei que isso bastaria. Eu tinha a floricultura que minha mãe me deixara e que comprara com o dinheiro que Greg lhe dera. Nada me faltaria.
— Pensei que você fosse uma vítima dele. Como eu.
— Vítima? Nunca me faltou nada. Minha mãe foi maravilhosa. Mas, e você? Por que se considera uma vítima de Greg?
— Isso agora não importa. — Zac se colocou finalmente ao lado dela. — Nada importa exceto você e o bebê. Perdoe-me. Eu não sabia.
Vanessa fitou-o.
— A ignorância não o redime de sua culpa. O que fez foi inadmissível. Deveria ter me contado sobre sua descoberta. Sou sua esposa. Deveria ter confiado em mim. Eu confiei em você o suficiente para aceitar seu pedido de casamento sem que me fizesse uma declaração de amor.
— Você também não partilhou seu segredo comigo. - Vanessa resolveu se sentar.
— Não podia. Nossa relação era frágil demais. Você queria assumir a empresa de Greg. Isso teria acabado com meu relacionamento com os Tisdale, com minha família. Se você tivesse insistido em seu plano, eu acabaria lhe contando. De acordo com o diário de minha mãe, Greg é um homem maravilhoso. Eu não seria capaz de lhe causar sofrimento.
Zac respirou fundo.
— Esse homem foi...
— Não creio que possamos continuar casados — Vanessa interrompeu-o. — Não existe confiança nem amor de sua parte. O abalo em nossa relação foi grande demais para ser esquecido.
— Por favor, deixe-me explicar...
— Você se casou comigo por interesse. Não me respeita. Tentei ser paciente, tentei fazer com que se apaixonasse por mim. Não consegui. Por isso, pretendo pedir a separação logo depois do nascimento do bebê.
— Não! — Zac protestou. — Não quero o divórcio.
— Não vejo outra solução.
— Você está cansada. Amanhã verá a situação com novos olhos. Dará tudo certo.
— Tudo continuará igual.
Vanessa queria deixá-lo. Ela dissera que o amava. Muitas vezes. Não podia ir embora. Ele não suportaria a solidão. Não teria a quem dar um beijo de boa-noite, a quem proteger. Eles haviam feito um bebê juntos. Isso não significava nada? Precisaria desistir do casamento só porque a magoara sem intenção? Que amor era aquele afinal? Não deveria ter baixado sua guarda. Quando começava a acreditar que poderia ser feliz, Vanessa o desiludia.
— Você assinou um acordo pré-nupcial — Zac lembrou, frio. — Ele dizia que não haveria divórcio caso nascesse uma criança de nossa união. Eu pretendo seguir essa cláusula.
Vanessa empalideceu.


Helloooooo
Fiquei com pena do Zac agora...
Ele tem que abrir seu coração pra ela... Tenho certeza que se fizer isso ela volta nao volta!?
Vish e agora!?? Ele vai mesmo obrigá-la a seguir esse contrato pré nupcial?
Comentem ai pq ta acabando 😭
Beijooos 😘😘
Ate mais...

4 comentários:

  1. O Zac é um cabeção viu
    Ele devia ter se declarado para a Vanessa
    A forma que ele falou foi muito fria
    Continua logo
    Xoxo

    ResponderExcluir
  2. Aiiinnn meu rim...ta mt tri...espero que vc poste logo krl...eu quero muito saber o q vai acontecer...posta logo por favor...eu te imploro!! 😂😂

    ResponderExcluir
  3. Aiiinnn meu rim...ta mt tri...espero que vc poste logo krl...eu quero muito saber o q vai acontecer...posta logo por favor...eu te imploro!! 😂😂

    ResponderExcluir
  4. O Zac é muito sonso mesmo ner, ao invés dele declarar logo que a Vane, ele vem relembrar este papinho de acordo pré nupcial. Assim ele vai deixar ela acuada! Amore posta maiss. Bjoss

    ResponderExcluir